Tor RSS! Siga o Passa Palavra no Twitter! Inscreva-se na nossa página do Facebook

Portugal

Uma história de violência Uma história de violência

A quem pretende contestar a austeridade não se exige menos do que o respeito incondicional pelas regras do jogo, o repúdio da violência e a garantia de que se indignará de modo inequivocamente pacífico. Por Ricardo Noronha Leia mais

| Comentar
André Barata, o que falta ainda responder André Barata, o que falta ainda responder

A rejeição da lógica produtivista passa por uma luta que advogue formas democráticas e horizontais de organização dos hospitais e postos de saúde, das escolas e de quaisquer outros serviços públicosPor Passa Palavra
Leia mais

| Comentar
Sobre suspiros, ilusões e ingenuidade: ping-pong com André Barata Sobre suspiros, ilusões e ingenuidade: ping-pong com André Barata

Como não é frequente uma discussão política feita em termos correctos e objectivos, vamos juntar mais uma peça a este saudável debatePor Passa Palavra

Leia mais

| [3] Comentários
Leia mais artigos dessa categoria

Brasil

Barulhos e outras prioridades Barulhos e outras prioridades

Tantos silêncios, muitos gemidos e alguma ação. Prefeitura promete começar a fazer uma encosta, com algum atraso e 11 mortes depois. Por Franciel Cruz Leia mais

| Comentar
Ocupação Centro Paulo Souza: depoimento de militantes Ocupação Centro Paulo Souza: depoimento de militantes

A ocupação se configura contra os cortes, as disputas em torno do governo não aparecem na pauta, o princípio da luta pelo qual as ocupações têm se pautado até aqui, constitui um consenso entre nós. Por Militantes Anônimos

Leia mais

| [3] Comentários
Polarização, o som do silêncio Polarização, o som do silêncio

De um lado os que optaram pela defesa do governo, de outro os que optaram por não defender. A nós tudo é justificado, a eles tudo é repudiado, mesmo quando as ações são iguais ou quando produzem um mesmo resultado. Por Karina
Leia mais

| [13] Comentários
Leia mais artigos dessa categoria

Mundo

Memórias em disputa Memórias em disputa

A territorialidade é um elemento central nos casos analisados. O contexto de intervenção é urbana: isso determina uma materialidade e representações simbólicas específicas da vida na cidade, sem as quais perderiam sentido. Por Estudantes na Cátedra Livre Americanista – UBA (2015) [*]

Leia mais

| Comentar
Os ataques machistas coordenados em Colônia e os erros eurocêntricos de uma esquerda europeia pós-laica Os ataques machistas coordenados em Colônia e os erros eurocêntricos de uma esquerda europeia pós-laica

A cega defesa que a esquerda radical faz dos reacionários “muçulmanos” abraça implicitamente a crença de que, para não europeus, uma resposta de extrema-direita é uma resposta normal a uma situação de opressão. Por Marieme Hélie-Lucas [*]
Leia mais

| [8] Comentários
Uruguai: trabalhadoras e trabalhadores da educação ocupam colégio particular Uruguai: trabalhadoras e trabalhadores da educação ocupam colégio particular

A ocupação foi importantíssima: por um lado, alterou o funcionamento do centro educativo e, por outro, reforçou a solidariedade entre as e os trabalhadores. Por Claudia Lártiga Leia mais

| Comentar
Leia mais artigos dessa categoria

Cultura

Poesia para quê? 3) A poesia Poesia para quê? 3) A poesia

Enquanto a poesia não pode voltar a construir materialmente uma sociedade socialista e libertária, deve ajudar a construir uma cultura socialista ali onde ela é mais fértil. Por Poeta em Buenos Aires
Leia mais

| Comentar
Poesia para quê? 2) “Arte proletária” Poesia para quê? 2) “Arte proletária”

No mundo atual, a defesa da “arte proletária” como um fim em si mesma beira o elogio à miséria e ao imobilismo, transvestido de ostentação e afirmatividade. Por Poeta em Buenos Aires Leia mais

| Comentar
Poesia para quê? 1) Tarabukin e o produtivismo Poesia para quê? 1) Tarabukin e o produtivismo

O produtivismo expressou uma proposta ideológica e militante dentro do processo revolucionário russo, durante os anos quando este ainda estava aberto à criação de novas relações sociais. por Poeta em Buenos Aires Leia mais

| Comentar
Leia mais artigos dessa categoria

Idéias & Debates

A experiência dos Comitês de Fábrica na Revolução Russa (III) A experiência dos Comitês de Fábrica na Revolução Russa (III)

De fato, o capitalismo de Estado de Lênin, com a adição de uma pitada decorativa de controle operário, estava atrás da luta dos trabalhadores. Por M. R. Jones Leia mais

| [14] Comentários
Manifesto contra a Censura 2.0 Manifesto contra a Censura 2.0

É necessário de imediato a criação de uma rede de solidariedade entre os meios de comunicação da esquerda, mas principalmente da extrema-esquerda. Por Passa Palavra Leia mais

| [8] Comentários
A experiência dos Comitês de Fábrica na Revolução Russa (II) A experiência dos Comitês de Fábrica na Revolução Russa (II)

Os comitês de fábrica de Petrogrado enfrentavam o problema de manter a produção quando a economia estava se desintegrando: a sabotagem dos donos obrigava os trabalhadores a assumir o controle. Por M. R. Jones

Leia mais

| Comentar
O excesso de direito em nome do bem público O excesso de direito em nome do bem público

É justo e legal punir os que se apropriam dos bens públicos, mas não é justo e definitivamente não existe uma “carta branca” legal para que qualquer instituição o faça do modo como quiser ou puder. Por Geraldo Alves Teixeira Júnior Leia mais

| Comentar
A experiência dos Comitês de Fábrica na Revolução Russa (I) A experiência dos Comitês de Fábrica na Revolução Russa (I)

Este folheto conta a historia da luta dos trabalhadores russos, em particular os esforços dos comitês de fábrica. O êxito dos bolcheviques em derrotar a classe trabalhadora e esmagar toda a esperança de socialismo é o outro lado da história. Por M.R.Jones

Leia mais

| [5] Comentários
Leia mais artigos dessa categoria